10 Fatores de Risco Que Você Pode Evitar Durante a Gravidez

Muitos fatores de risco na gravidez afetam o desenvolvimento de um feto em uma criança saudável, alguns que estão além de seu controle e outros que estão dentro do seu controle.

Alguns fatores de risco estão presentes antes que as mulheres engravidem como fumo, drogas, álcool e etc..

Esses fatores de risco incluem certas características físicas e sociais das mulheres como empregos de risco, exposição a produtos químicos, parceiros sexuais e etc alem de problemas que ocorreram em gestações anteriores e alguns transtornos já presentes.

Aqui estão dez dos fatores de risco na gravidez mais comuns que você pode controlar:

1. Fumar

Fumar não é só mau para você, mas ruim para o seu bebê também. Fumar durante a gravidez reduz a quantidade de oxigênio que o bebê recebe e aumenta o risco de aborto, hemorragia, enjôo matinal. Os produtos químicos inalados enquanto fuma podem levar a outros problemas de saúde para o bebê. Peso reduzido ao nascer, parto prematuro, aumento do risco de SMSL (Síndrome da Morte Súbita do Lactente), são outras possíveis conseqüências. Mulheres grávidas também devem evitar ficar próximo a fumantes.

2. Álcool

Beber álcool pode causar síndrome fetal, incluindo sintomas como baixo peso ao nascer, problemas médicos, e comportamentos anormais. Logo que você souber que está grávida, pare de beber.

3. Cafeína

Há muitos estudos conflitantes sobre a cafeína e gravidez e alguns acreditam que a cafeína não é tão prejudicial como costumava ser. No entanto, adverte-se contra o consumo de cafeína durante a gravidez e sugere-se parar ou reduzir o consumo ao mínimo. Foi demonstrado que a cafeína afeta o coração do feto e a hora que eles acordam (fetos crescem enquanto dormem).

Café descafeinado também pode ser prejudicial uma vez que os produtores muitas vezes adicionam produtos químicos para remover a cafeína. Cafeína também pode aumentar o risco de estrias. Parar subitamente de ingerir café pode causar dores de cabeça; assim muitos especialistas recomendam ir reduzindo gradualmente a quantidade consumida.

4. Drogas e Remédios Herbais

Sempre ter cuidado com drogas ou remédios herbais que não sejam prescritos por um médico. Estas substâncias podem afetar o desenvolvimento do feto.

5. Nutrição

Boa nutrição é essencial para um feto em desenvolvimento afim de evitar este fator de risco na gravidez, em especial procure ingerir ácido fólico suficiente. A falta de ácido fólico pode provocar malformações congênitas. Ingira pelo menos 400-1000 microgramas de vitamina B, é sugerido (cerca de dez vezes mais, se você já teve um filho malformações congênitas) iniciando um mês antes de engravidar e durante toda a gravidez. Legumes, suco de laranja, e feijão são algumas fontes naturais de ácido fólico. Muitas lojas vendem vitaminas com ácido fólico.

6. Exercício

Exercício moderado é útil, uma vez que melhora o estado mental da mãe e pode aumentar fluxo de oxigênio para o feto. No entanto, o excesso de esforço pode ser perigoso. A maioria dos especialistas recomenda reduzir a intensidade do seu exercício durante a gravidez. Atividades como caminhadas, natação, yoga são populares para as mulheres grávidas.

7. Cuidado Pré-Natal

Visitas regulares ao médico são importantes para o desenvolvimento do seu bebê. O corpo sofre muitas mudanças durante a gravidez. Alguns efeitos colaterais podem ser completamente normais, enquanto que outros não podem. Acompanhamento regular por um profissional vai ajudar a garantir que o seu bebê nasça saudável.

8. Múltiplos parceiros sexuais

Múltiplos parceiros sexuais podem aumentar o risco de DST's, que por sua vez pode levar a complicações na gravidez, como baixo peso ao nascer ou parto prematuro.

9. A exposição a produtos químicos

Um dos piores fatores de risco na gravidez. Durante a gravidez, reduza a exposição a produtos químicos, em especial pesticidas nos alimentos. Muitas pessoas agora comem produtos orgânicos, que são cultivados sem produtos químicos. A precaução mais simples a tomar antes de consumir frutas ou legumes é de lavar-las cuidadosamente. Além disso, eliminar a superfície exterior dos vegetais pode ser útil dado que a maioria dos pesticidas vai descansar no exterior dos legumes ou frutas.

10. Outros fatores

Muitos outros fatores podem afetar o desenvolvimento fetal, incluindo doença cardíaca, a idade da mãe (até 15 anos e após 35 anos é arriscado), asma, depressão ou estresse excessivo, doenças, e sangramento.

Converse com seu médico se você está afetada por qualquer um destes fatores de risco na gravidez.

Mais Sobre Gravidez

Gravidez

Problemas na Gravidez

Fases da Gravidez - Mês a Mês

Fases da Gravidez - Trimestres